domingo, 8 de maio de 2011

sentimento, você não sabe o que se passa aqui por dentro



 Os relacionamentos podem inúmeras e inúmeras vezes chegarem ao fim, mas o sentimento pode ser até que a morte nos separe. E tenho que dizer: isso não depende de você ou pelo menos exclusivamente de você.
Sentimento é algo que vem de alguma coisa, de algum olhar ou do nada mesmo, intrigante não?
 Não sei você, mas eu sou tão lerda que só percebo a existência dele quando eu já não consigo mais controlar ou disfarçar. Também não sou do tipo que descobre e nega, sou do tipo sem vergonha que assume e compartilha com vários conhecidos e desconhecidos.
Assim como a lua, os sentimentos também são de fases, e acredite, você não quer passar por todas elas. Tem dias em que ele se encontra cheio, outras vezes é crescente, minguante e até novo.
E é por pensar assim que eu acredito que o amor não acontece só uma vez. Ele vem e fica, só que com outro formato. Às vezes, porque a gente tentar negar a existência ou então ele se encontra tão minguante que só o percebemos quando nos encontramos diante de alguma lembrança. 
Por muito tempo eu acreditei que os sentimentos fugiam junto com o relacionamento, mas todas as vezes que dou de cara com alguma lembrança do passado ou do futuro que não existiu, algo mexe dentro de mim e eu percebo que ainda existe e sempre vai existir algo.

CDM

Nenhum comentário:

Postar um comentário